O funcionamento correto da glândula Tireóide garante o equilíbrio e harmonia do organismo, logo quando surge alguma complicação como em qualquer outra parte do nosso corpo, pode acarretar problemas sérios em toda a estrutura.

São denominados distúrbios de tireóide, qualquer disfunção da glândula, e os tipos mais comuns são:

  • Hipertireoidismo: Liberação de hormônios em excesso
  • Hipotireoidismo:  Liberação de hormônios em quantidade insuficiente
  • Tireoidite: Inflamação da glândula, com dor e desconforto, que pode ocorrer após uma infecção viral.
  • Bócio: Aumento anormal no volume da glândula.
  • Câncer de tireóide: O principal sintoma é o aparecimento de nódulo palpável ou visível na região da glândula. E os tipos mais comuns são os carcinomas papilífero, folicular, medular e o anaplásico.

Todos os distúrbios podem ser diagnosticados através principalmente de exames de sangue, imagem e biópsia, dependendo da avaliação de um profissional. E o tratamento para as doenças pode variar de acordo com a disfunção, podendo ser apenas acompanhamento clínico com uso de medicamento de forma contínua, iodoterapia ou cirurgia.

É importante a inclusão de exames de tireóide na rotina, para acompanhamento e diagnóstico de qualquer complicação que possa surgir.


Entre em contato:
Dra. Maria Cristina Matteotti
Telefones: (11) 3032-0441 e (11) 5051-5144
WhatsApp: (11) 95242-3033
http://dramariacristina.com.br/



Referências:
https://www.minhavida.com.br/saude/temas/disturbios-da-tireoide
https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/cancer-de-tireoide/