A tireóide é uma glândula que se localiza no pescoço e que participa da regulação do metabolismo. A presença de nódulos nesta glândula é frequente, podendo ocorrer em mais de 50% dos adultos.

O ultrassom de tireóide é um dos principais exames utilizados para a identificação destes nódulos. Este exame é de fácil e rápida execução, baixo custo, indolor e não causa alterações ao paciente. Além de identificar a localização e extensão desses nódulos, pode identificar características sugestivas de malignidade.

O ultrassom de tireóide também é usado para guiar biópsias dos nódulos, através da punção aspirativa por agulha fina (PAAF) e para guiar a ablação destes nódulos, através da aplicação de radiofrequência, por exemplo.

Os dados obtidos com o ultrassom e a biópsia são fundamentais na definição do tratamento cirúrgico e na escolha do tipo de cirurgia e técnica a serem usadas.

Além de todas estas indicações, o ultrassom também é usado no acompanhamento de pacientes que já foram tratados, permitindo a identificação de doença que reaparecer mesmo depois do tratamento.

Entre em contato:
Dra. Maria Cristina Matteotti
WhatsApp: (11) 95242-3033
Telefones: (11) 3032-0441 e 5051-5144
http://dramariacristina.com.br/