Os tumores das diversas regiões da cabeça e pescoço em conjunto já constituem o segundo tipo de câncer mais frequente, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer – INCA. A detecção precoce e o breve início do tratamento aumentam em 80% a sobrevida dos pacientes com este tipo de câncer.

Os principais fatores de risco para o desenvolvimento dos tumores de cabeça e pescoço são tabagismo, consumo constante de bebidas alcoólicas e a presença do papilomavírus humano (HPV), que vem se tornando cada vez mais comum. 

Quem fuma e também usa bebidas alcoólicas constantemente tem o risco de desenvolver câncer de cabeça e pescoço muito elevado. Estes dois fatores ainda podem ocorrer juntamente com a presença do HPV.

As principais medidas para prevenção do câncer de cabeça e pescoço são evitar o tabagismo e o uso constante de bebidas alcoólicas, além de vacinação contra HPV, alimentação equilibrada e boa higiene bucal.

Em caso de sintomas, deve se procurar ajuda médica para que seja feito um diagnóstico precoce.

Entre em contato:
Dra. Maria Cristina Matteotti
WhatsApp: (11) 95242-3033
Telefones: (11) 3032-0441 e 5051-5144