A especialidade Cirurgia de Cabeça e Pescoço surgiu nos Estados Unidos no ano de 1957, quando o Dr. Hayes Martin do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center de Nova York editou o livro Tumors of the Head and Neck e criou a Society of Head and Neck Surgeons.
Além do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, outro renomado hospital dos Estados Unidos, o M.D. Anderson Cancer Center – University of Texas também participou do desenvolvimento da Cirurgia de Cabeça e Pescoço desde o início.

Panorama Brasileiro

No Brasil a especialidade médica ganhou notoriedade com a fundação da SBCCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço) no ano de 1967, que na época teve como protagonistas renomados cirurgiões dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.
Os primeiros serviços de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do País foram então realizados no INCA (Instituto Nacional de Câncer), Hospital de Ipanema (RJ), IASERJ (Instituto de Assistência dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro), Fundação Antônio Prudente (SP), Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo) e Hospital Heliópolis (SP).
Agora que você já sabe um pouco sobre como surgiu a Cirurgia de Cabeça e Pescoço, é importante entender o que de fato a especialidade trata. Então, continue lendo este ARTIGO para descobrir.

Especialidade Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Cirurgia de Cabeça e Pescoço, como o próprio nome indica, é uma especialidade cirúrgica que promove o tratamento clínico e cirúrgico de doenças e malformações que afetam as estruturas da cabeça e do pescoço. Estas doenças podem ser benignas ou malignas e ocorrem em diversos locais como: glândula tireoide, paratireoides, boca, laringe, faringe, glândulas salivares (parótidas, submandibulares e sublinguais), nariz, seios paranasais, pele e tecidos moles da face, pescoço e couro cabeludo.
Lembrando que, embora o nome da especialidade dê a entender que ela trate de todas as estruturas da cabeça e do pescoço, a atuação deste cirurgião não abrange os tumores ou doenças do cérebro e de outras áreas do sistema nervoso central, nem da coluna cervical.

Regulamentação

A Cirurgia de Cabeça e Pescoço é regulamentada e reconhecida pela ABM (Associação Médica Brasileira).
A formação do Cirurgião de Cabeça e Pescoço é realizada nos centros formadores e tem duração de dois anos, com pré-requisito de formação em Cirurgia Geral e atualmente também em Otorrinolaringologia, conforme a normatização da CNRM (Comissão Nacional de Residência Médica).
Ainda tem dúvidas sobre a atuação de um Cirurgião de Cabeça e Pescoço? Entre em contato e envie a sua pergunta!

Referências

Head and Neck Surgery
https://www.summitmedicalgroup.com/service/Head-and-Neck-Surgery/
AHNS (American Head and Neck Society)
https://www.ahns.info/
Histórico da Cirurgia de Cabeça e Pescoço
https://www.sbccp.org.br/institucional/sobre-a-sociedade/