Os distúrbios da glândula paratireóide podem causar sintomas como sede excessiva, fraqueza muscular, distúrbios ósseos, náuseas, vômitos, espasmos musculares nas mãos e formigamento na face, mãos ou pés.

Os distúrbios relacionados a glândula paratireóide ocorrem quando há produção excessiva ou insuficiente do hormônio PTH, e são nomeadas respectivamente:

  • Hiperparatiroidismo, que ocorre quando há produção excessiva de PTH, normalmente causado por tumores benignos, por displasia (crescimento anormal, mas benigno da glândula) ou adenoma (que é o crescimento benigno de tecido glandular), mas em 1% dos casos ele é resultado de um câncer raro, o carcinoma de paratireoide.
  • Hipoparatireoidismo, que é causado pela falta do hormônio da paratireóide (PTH), e normalmente ocorre devido a traumas cirúrgicos como cirurgias de tireóide, paratireóide e neoplasias de cabeça e pescoço.

O diagnóstico se inicia por meio de exames de sangue e de imagem, e o tratamento varia desde procedimento cirúrgico a acompanhamento com um especialista, de acordo com o estágio da doença.


Entre em contato:
Dra. Maria Cristina Matteotti
Telefones: (11) 3032-0441 e (11) 5051-5144
WhatsApp: (11) 95242-3033
http://dramariacristina.com.br/